FAÇA PARTE DA NOSSA FAMÍLIA "SIGAM-ME OS BONS"

ANUNCIE AQUI!!!

sexta-feira, maio 28, 2010

Boato sobre "besta-fera" presa em Baraúna-RN mobiliza policiais da região

(Foto Ilustrativa)
Um boato cuja origem ainda não foi explicado mobilizou ontem (27), quinta-feira, vários policiais da cidade de Baraúna-RN, distante 40 km de Mossoró-RN.
De acordo com informações prestadas pelo 2º tenente Passos, ontem a tarde, por volta de 16h00min, ele fazia rondas de rotina pelas ruas da cidade de Baraúna-RN e por onde passava era indagado por pessoas perguntando sobre a “Besta-fera” que estava presa na Delegacia. Adultos, jovens e crianças perguntavam como era a aparência da "Besta-feira". Alguns até descreviam a forma da criatura, dizendo que era metade mulher, metade cavalo.
Pelo absurdo das perguntas e pelo tom de brincadeira de alguns, o tenente disse que não ter dado muita importância para a questão e prosseguiu nas rondas pela cidade. Em determinado momento, os policiais militares da DP entraram em contato com o Tenente Passos informando que a população da cidade estava em frente a delegacia e queriam invadir, para ver a "Besta Fera".
Quando chegou ao local ele tentou explicar que aquilo foi um boato que a população espalhou e que não existia nada disso ali. A população incrédula gritava palavras de ordem "vamos invadir, vamos invadir". Na iminência de ver a delegacia invadida, o Oficial solicitou reforço de policiamento ao 2º BPM.
O boato se espalhou com tanta intensidade que caravanas vindas de sítios vizinhos já estavam chegando a cidade.
O Tenente Passos disse que temeu pela integridade física dos policiais, já que cerca de 300 pessoas se encontravam em frente da delegacia e estavam prontas para invadir o local. "Vocês estão escondendo a "Besta-fera", gritavam contra os policiais.
A situação só foi contida, quando o GTO - Grupo Tático Operacional, chegou ao local para reforçar o policiamento. O tenente passos, então convidou alguns moradores a entrar na delegacia e ver que não tinham ninguém preso no local, muito menos uma "Besta-fera". A população só então foi dispersada, isso por volta de 19h30min.
Essa é uma situação constrangedora, em que a crendice popular é colocada em cheque e que ultrapassa a barreira do bom senso, onde são gastos recursos policiais com boatos criados por pessoas que deviriam sim, se reunir para reivindicar melhorias para a cidade e não para ver uma inverossímil criatura.
Fonte: Toxina1

Um comentário:

Anônimo disse...

é de impressionar que em pleno seculo 21,pessoas aindam acreditam em tais besteiras,oh povo sem cultura.