FAÇA PARTE DA NOSSA FAMÍLIA "SIGAM-ME OS BONS"

ANUNCIE AQUI!!!

quarta-feira, fevereiro 24, 2010

Só faltava essa! Polícia prende 60 pessoas em festa de traficante na Bahia

(Convidados Presos)
Cerca de 60 pessoas foram presas na tarde desta terça-feira (23), em Feira de Santana-BA, durante a comemoração do aniversário do traficante Josenildo Borges Souza, 25 anos, conhecido como “Pona”. De acordo com policiais que participaram da ação, entre os presos estão vários outros traficantes de drogas, homicidas e alguns foragidos da justiça, que tinham prisão decretada.

O delegado regional Fábio Lordelo estima que 40 deles devam ficar presos, a princípio, no próprio complexo policial de Feira, que já se encontra superlotado. Na noite desta terça, a polícia ainda estava checando dados para verificar a situação de cada um dos detidos na operação.

Os foragidos deverão ser reencaminhados às unidades prisionais de onde escaparam. “São alguns dos principais traficantes da cidade. Sabemos que existem outros, mas foi um golpe no crime em Feira de Santana-BA”, declarou o delegado regional. Ele contou ainda que, a partir de um trabalho de investigação, a polícia ficou sabendo que ocorreria a festa de aniversário de 25 anos do traficante Josenildo Borges.

Salão de eventos - Agentes da polícia de Feira de Santana-BA conseguiram se infiltrar na organização criminosa e descobriram o dia e o local da confraternização, no salão de eventos La Baroneza, na Rua Porto Seguro, bairro Jardim Cruzeiro. O local é amplo e elegante, com piscina e área verde. Além de cerveja e uísque, os criminosos utilizavam na festa drogas ilícitas como maconha, lança-perfume, cocaína e crack.

Dentre os convidados havia mulheres e crianças, que foram liberados logo depois da prisão dos bandidos. Após darem voz de prisão, os agentes que participaram da operação ordenaram que todos os detidos se deitassem de bruços, na área ao lado da piscina (foto acima). Os documentos foram recolhidos. Uma grande quantidade de celulares foi apreendida pela polícia, que pretende rastrear os números das chamadas a fim de identificar as ramificações da quadrilha e localizar suspeitos de ligação com o tráfico.
Para transportar tantos presos até o complexo policial foi preciso um ônibus.
Fonte: Tarde Online

2 comentários: